Clicks132
pt.news

Farsa dos abusos se transforma em perseguição aberta: o inocente cardeal Pell será preso na quarta-feira

O injustamente condenado cardeal George Pell será mantido em custódia cautelar após uma audiência de apelo nesta quarta-feira.

Pell provavelmente receberá a sua sentença após a audiência, relata TheAge.com.au (26 de fevereiro).

Ele sempre e vigorosamente afirmou a sua inocência, a qual ficou evidente durante o julgamento.

Existem provas esmagadoras de que Pell não pode ter cometido os crimes pelos quais foi condenado - mesmo se ele quisesse tê-los feito.

Todas as testemunhas confirmaram que abusar de crianças em uma sacristia de domingo, na catedral de Melbourne, após uma missa, teria sido impossível. As pessoas que estavam perto de Pell testemunharam que nenhum abuso aconteceu. Em vão.

O acusador de Pell pediu à mídia para "não revelar a minha identidade".

O Vaticano publicou uma declaração (26 de fevereiro) reiterando o seu "máximo respeito" pelas autoridades judiciárias australianas [corruptas], mas está esperando o êxito do recurso.

Fotografia: George Pell, © Mazur/catholicnews.org.uk, CC BY-SA, #newsXqdscnjhpr