Idioma
Cliques
101
pt.news

Igreja polonesa diz adeus a João Paulo II

A conferência episcopal polonesa publicou, em 11 de junho, diretrizes sobre Amoris Laetitia.

As diretivas falam de "compaixão", "cura" e "encorajamento" para adúlteros.

Elas não contêm uma declaração clara em relação à [sacrílega] Comunhão para adúlteros ser certa ou errada.

Há apenas dois anos, em junho de 2016, o arcebispo Stanislaw Gadecki, presidente da conferência episcopal polonesa, disse a The Tablet que a Igreja na Polônia recusaria a comunhão a católicos divorciados e casados novamente, apesar da Amoris Laetitia de Papa Francisco:

"Se um matrimônio foi consumado de maneira válida, não existe base alguma para administrar a comunhão a divorciados que se casam novamente."

Isso confirma o velho truísmo: Nunca leve uma bispo católico ao pé da letra.

Fotografia: © Mazur, catholicnews.org.uk, CC BY-SA, #newsRgjmodzygb
Escreva um comentário