Clicks137
pt.news

Exclusivo: O Vaticano está por reconhecer Bruno Cornacchiola?

A Penitenciária Apostólica emitiu, em 12 de março, um decreto concedendo, todo 12 de abril por sete anos, uma indulgência plenária àqueles que visitam a caverna das Três Fontes (Roma), onde a Virgem do Apocalipse apareceu em 1947.

Isso precede, provavelmente, o reconhecimento oficial das aparições.

Em 12 de abril de 1947, Bruno Cornacchiola, então com 34 anos, um ex-comunista que se tornou um anticatólico protestante, viu Nossa Senhora no lugar onde São Paulo foi martirizado. Cornacchiola se converteu. Os jornais da época noticiaram.

Até 2001, Cornacchiola recebeu por volta de sessenta mensagens que falam de uma terrível ameaça à fé católica e de uma apostasia. Em setembro de 1988, uma mensagem aludiu a um papa herético:

"Que o que sonhei nunca se torne realidade, é dolorido demais, e espero que o Senhor não permita a um papa negar toda verdade da fé e colocar a si mesmo no lugar de Deus."

#newsVslbuzbjda