Language
Clicks
555
josé vodzynski

Mistérios da Igreja no uso de Fogos de Artifícios

Estudos e pesquisas recentes do escritor Luis Rubio García no livro “Estúdios sobre La Edad Media española”na área da pirotecnia da Idade Média entre os anos de 1350 - 1512 , mais precisamente nacidade de Valência,menciona um dos eventos que teve grande repercussão e mistério no meio da igreja: as festas de Pentecostes,que eram celebradas dentro da catedral, com peças teatrais para a nobreza e o clero daquela época. Durante a peça no altar solene os apóstolos reunidos recebem a visita do Espírito Santo em forma de pomba simbólica; um sacristão cortava a corda e a colometa descia entre entre os cantos, a aclamação do público e barulhentos fogos de artifício apóstolos reunidos recebiam a visita do Espírito Santo: um sacristão cortava a corda e a colometa (pomba,em espanhol arcaico) descia entre os cantos e a aclamação do público e barulhentos fogos de artifício dentro da Igreja, por isso ficou conhecido como o“Mistério de La Colometa”.
No ano de 1442 quando o rei Alfonso,o Magnânimo e a rainha de Sicília chegaram à cidade de Valência,a peça teatral foi transportada até a rua,sendo montado um céu no Portal Nou (Portal Novo, porta de entrada da cidade) de onde desciam os anjos e grande queima de fogos de artifícios.Também em 1459, quando o rei Juan II entrou na cidade, foi montado um paraíso sobre as Torres de Serrano, onde se encontrava “Deu lo Pare” (Deus pai) e o chamado "abtaulescoredices" (deslizando sobre tábuas) do qual descia um par de anjos ao som de fogos de artifícios.
Em 1469 por ser uma época em que pouco se falava em segurança e nãotinhamas prevenções e nem os fogos de artifícios Indoor (fogos especiais para ambientes interno) houve um grande incêndio dentro da catedral, que resultou no fim do espetáculo. A partir do ano de 1520 não é encontrada nenhuma outra menção do outrora popular “Mistério de La Colometa”,ficando assim um dos mistérios da igreja, guardado por séculos.
Uma análise do evento Mistério de “La Colometa” além da espiritualidade, fé e mistérios envolvidos há uma peça chave, diferente e que não a torna um caso isolado de uma comunidade e região. “Os fogos de artifícios” é o componente diferente e até certo ponto estranho,usado nesses eventos religiosos, interligando com outras crenças, rituais e mistérios. Em paralelos temos o segredo por trás do fascínio e magia da arte da pirotecnia em festas religiosas realizados em toda América do sule Europa, as ROMARIAS.Durante a procissão daquele santo osfiéis soltam fogos em agradecimento e honra à ele, e no dia de São João comemora-se soltando fogos para acordá–lo, e na Ásia os fogos usados em cerimônias sagradasem suas comemorações para espantar os maus espíritos e trazer sorte, acredita-se que com a explosão dos fogos ausência da escuridãoe se abre um portal, uma outra dimensão.
Dizer que o barulho vai espantar maus espíritos e acordar São João! Poderíamos então usar tambores ou outros instrumentos que também fazem barulhos e não fogos de artifícios que na época não tinham a segurança que tem hoje, e no lado espiritual,barulho não espanta maus espíritos,eles são o caos, a desordem.Maus espíritos se espanta com orações e músicas de louvores à DEUS, essas históriasdes fragmentadas com o tempo fazem dessas tradições verdadeiros mistérios da Igreja, assim há algo mais por trás dos fogos de artifícios, para saber precisa-se analisar a descoberta do monge franciscano alemão Berthold Schwarz (1300-1384), que segundo registros Berthold via um grande clarão, onde anjos apareciam com explosões de luz.A partir do início do século XIV foi atribuído ao monge Berthold Schwarz a redescoberta da pólvora como explosivo. Na Polônia, antes da segunda guerra mundial,o padreErnest Vodzynski (1882-1939),segundo relatos da época, quando os fiéis homenageavam o santo da festa soltando fogos de artifício, o padre tinha visões de que com o clarão apareciam anjos anotando as preces.Com o lema de que os fogos não eram para serem feitos apenas de pólvora, mas também com fé e oração, Ernest Vodzynski criou os Fogos de Artifício dos Desejos.
Hoje tem se a certeza que esses rituais sagrados dos fogos independente da religião,não é só o barulho que espanta os maus espíritos, e sim oque aparecem com as explosões, que seja um portal,uma outra dimensão ou onde háluz não atrevas, mas sabemos que eles os anjos estão la, e que “La Colometa” deixa de ser só para a nobreza e o clero,e um mistério para o povo, para ser uma luz de anjos para os nossos dias sombrios.

Fonte:“www.museopirotecnia.es”
(www.museopirotecnia.es/…/112-1350-mister…)

Fonte:livro Estúdios sobre La Edad Media española”(LuisRubio García)

Write a comment …