Clicks139
pt.news

Irmã religiosa: proteger a Amazônia significa proteger homossexuais

Os Índios que vivem na Amazônia são hoje "os mais vulneráveis", disse a Irmã Jane Dwyer, de 79 anos, a Catholic News Service, dos bispos católicos estadunidenses.

A afirmação de Dwyer está presente em um vídeo de 2:25 minutos, intitulado “An Amazonian Face for the Church” [Um rosto da Amazônia para a Igreja], que foi publicado no Youtube em 12 de julho.

Uma idosa ocidental, com brincos e camiseta, Dwyer pertence às Irmãs de Notre Dame de Namur. Ela vive no Brasil desde 1972.

Dwyer explica que "os pobres, os negros, os fazendeiros, as mulheres, os gays, homossexuais, são a população mais afetada pelo nosso governo [brasileiro]."

Morar na Amazônia significa, para Dwyer, "que você precisa defender aquelas pessoas que são mais vulneráveis, mas que são muito importantes para quem somos e para o que somos."

Em outras palavras: Dwyer quer "defender" propagandistas gays, um grupo privilegiado que está acima da lei e é protegido por um lobby onipotente, intolerante e brutal.

Fotografia: Jane Dwyer, #newsUyunbaetba