Cliques68
pt.news

Cúpula no Vaticano sobre abusos: a homossexualidade "não" predispõe ao pecado

A homossexualidade é como a heterossexualidade, uma condição humana "que não predispõe a pecar", afirmou o arcebispo de Malta, Charles Scicluna, de 59 anos, em uma coletiva de imprensa em 21 de fevereiro durante a cúpula no Vaticano sobre abusos.

Scicluna prefere olhar para "casos individuais" e "não para uma uma categoria de pessoas".

O arcebispo admitiu abertamente que "nunca ousaria" [por causa da poderosa e vingativa mídia pró-gay] indicar que a homossexualidade contém uma "tendência" ao pecado.

No entanto, 80% dos casos de abuso clerical são de uma natureza homossexual, porque afetaram adolescentes do sexo masculino.

Scicluna é conhecido por ter uma fraqueza pela ideologia homossexual.

Fotografia: Charles Scicluna, © Mazur/catholicnews.org.uk, CC BY-SA, #newsJjzxeaafnt