Clicks100
pt.news
11

Bispo afirma que o Vaticano o apoia em lutar contra a Missa Tridentina

A provação dos fiéis em Cremona - Itália, começou em março de 2009, quando mais de cem fiéis pediram por uma Missa Antiga, mas o então bispo, Dante Lafranconi, de 79 anos, rejeitou o pedido.

Os anos se passaram, e a Comissão Ecclesia Dei se envolveu, e o padre pronto para realizar a Missa faleceu.

Finalmente, quarenta católicos tomaram as rédeas e começaram a realizar uma Missa Antiga em uma capela privada. O novo bispo, Antonio Napolioni, de 61 anos, acabou com isso dois meses mais tarde.

Uma nova iniciativa tomou forma em janeiro de 2017, quando os fiéis informaram Napolioni que eles teriam encontrado uma igreja e um sacerdote a fim de celebrar a Missa. Napolioni rejeitou o pedido.

Na primavera de 2018, outro sacerdote começou a realizar a Missa antiga. Cerca de 60 pessoas, a maioria jovem, participaram. Mas, em fevereiro de 2019, Napolioni parou a prática, contradizendo o Summorum Pontificium de Bento XVI.

Durante um recente encontro paroquial, Napolioni declarou que ele nunca permitirá a Missa Antiga em sua diocese, e que a sua decisão tem respaldo do Vaticano.

Agora a última palavra está com o Vaticano.

#newsEsuplichld
Ivan Messias likes this.
Uma tristeza profunda. Infelizmente muitos bispos não aceitam a celebração da Santa Missa Tridentina, como é o meu caso. Peço a Nosso Senhor Jesus Cristo que restaure sua Igreja afim de que possamos melhor adorar e glorificar a Deus. Paz e bem!
Sandra Meireles. likes this.