Clicks131
pt.news

Clericalismo: arcebispo radical justifica abuso contra fiel ajoelhado

Administrador no Chile, Celestino Aós insiste que a sua recusa a dar a Comunhão a fiéis ajoelhados na Quinta-feira Santa estava correta.

Ele disse a CruxNow.com (14 de maio): "Onde você está indo, faça o que você vê."

Mas essa não é a posição da Igreja. A Congregação da Liturgia (julho de 2002) chamou "qualquer recusa da Sagrada Comunhão para o um membro fiel, com base à sua postura de genuflexão, pode ser uma grave violação de um dos mais básicos direitos do fiel cristão."

Aós acrescentou que "Cristo está na Hóstia Sagrada, quer eu esteja em pé ou ajoelhado" [então por que ele discrimina fiéis ajoelhados?].

Então, ele transforma o seu abuso em um problema das suas vítimas: "Se se sentiram humilhados, peço perdão, não era essa a intenção."

Ele ressalta que não sente arrependimento: "Apesar do incidente, estou calmo." O abuso de Aós viralizou depois que Gloria.tv relatou o ocorrido.

#newsCjqxnlhmga