Idioma
Cliques
114
pt.news 1

Prelado gay autor fantasma de documento do Vaticano contra seminaristas homossexuais

O francês, jesuíta e psicólogo Tony Anatrella, de 77 anos, foi suspenso do ministério público após acusações de moléstias homossexuais, anunciou o arcebispo de Paris, Michel Aupetit, em julho, à AFP.

Por anos existiram boatos de que Anatrella tocava seminaristas e outros de maneira inapropriada. Em 2006, três pacientes o acusaram de abuso homossexual. As acusações foram renovadas em 2016, e as autoridades da Igreja começaram a investigar.

Notícia bomba: Anatrella foi um conselheiro para departamentos da Cúria Romana, e é considerado um dos poucos autores do documento do Vaticano "Instrução Sobre os Critérios de Discernimento Vocacional" (2005). A Instrução, assinada pelo cardeal Zenon Grocholewski, da Congregação para a Educação Católica, foi publicada no Osservatore Romano, juntamente com comentários escritos por Anatrella.

Nota: Anatrella foi nomeado, em 2010, como membro da comissão de investigação para examinar as supostas aparições de Medjugorje.

Fotografia: Tony Anatrella, © Peter Potrowl , CC BY-SA, #newsBvkimjidkc

Escreva um comentário
Paulo Gonçalves
Estão perseguindo todos que se opõem ao sistema