Clicks86
pt.news

Pecado imperdoável: L'Osservatore Romano pede desculpas

O diretor do jornal vaticano L’Osservatore Romano, Andrea Monda, pediu desculpas por ter publicado um artigo do padre Giacomo Ruggeri.

Ruggeri foi condenado a dois anos e seis meses de prisão por ter "molestado" uma garota de 13 anos.

Ex porta-voz da diocese de Fano - Itália, Ruggeri foi reconhecido em julho de 2011 por um assistente de banhistas em uma praia pública enquanto brincava com tal garota.

No dia seguinte, a polícia secretamente colocou câmeras, que documentaram mais carícias entre os dois, as quais até mesmo chamaram a atenção dos banhistas ao redor deles.

A Igreja misericordiosa de hoje trata crimes como o de Ruggeri como pecados pelos quais Cristo não morreu e, portanto, não podem ser perdoados.

#newsZhpwuhadmz