Idioma
Cliques
42
pt.news

Até mesmo o cardeal radical Lehmann se negou a aceitar a Comunhão Protestante

O falecido cardeal de Mogúncia, Karl Lehmann, advertiu sobre a distribuição da Sagrada Comunhão aos protestantes.

Em um discurso durante um encontro dos bispos alemães em setembro de 2009, ele disse que a Comunhão aos protestantes não era uma "solução", acrescentando que a "refeição comum" (sic!) pertence ao fim e não ao início dos esforços ecumênicos.

Lehmann ressaltou que "não era permitido" considerar a Santa Comunhão um ecumenismo do menor denominador comum.

Lehmann, que foi nomeado cardeal por João Paulo II, é um dos principais culpados pela apostasia da antiga Igreja Católica na Alemanha.

Fotografia: Karl Lehmann, © Raimond Spekking, CC BY-SA, #newsEcdzyffonn
Escreva um comentário