Cliques357
Plaisch

vida espiritual: conventos femininos representam a Igreja católica, 13.4.2014

Sermão VI° Domingo dos Ramos [56] 13 abril 2014
Leitura Phil 2,5-11
Evangelho Paixão segundo são Mateus, capítulos 26-27

Os conventos femininos

Nas semanas passadas vimos sempre a quinta-feira como chave para iluminar a semana seguinte, agora podemos ir mais além e constatar que a vida do padroeiro da estação respectiva ilumina a inteligência entre as leituras e os Evangelhos. Quinta-feira era são Apolinare que dava a palavra certa: dizei vossos pecados, a isso corrispondia na leitura o pranto de Azarias sobre a falta de profeta e de rei e de guia e até de sacrificio redentor (Dan 3,38) [1]
e no santo Evangelho a presença de Jesus que aceitava a oferta de santa Maria Madalena.
São Apolinare foi ordenado bispo por são Pedro e pois era exarca na Italia, e foi muito maltratado, e no fim da sua vida disse aos seus próximos de confessarem os seus pecados. são Apolinare veio pela Ordem hierárquica como também Jesus mesmo, o ponto de referência da leitura e do Evangelho quinta-feira foi a possibilidade de achar perdão.

Daniel na transmigração babilônica não teve esta possibildade, e depois santa Maria Madalena achou-a na vinda do Mestre na casa do fariseu, e nós a temos nos sacerdotes católicos. As missas papais nas diversas estações são quer a chave quer a prova para aproveitar da graça no decurso dos séculos.
A Junto à cruz de Jesus estavam três Marias
Olhemos um pouco na Missa da Nossa Senhora das Dores, ali estavam três Marias, que lembram os três Apóstolos no monte Tabor - quatro semanas atrás – e fazem pensar na Co. munhão das igrejas. Na Missa respectiva da sexta-feira o assunto era o lugar da palavra do Senhor (Jer 17,15) que vemos pois no convento dos discípulos para com Jesus em Efraim (João 11,54) [2]; a estação era em São Estevão no cælio Monte, vemos claro que a glória de Deus em Jesus faz ver são Estevão, e como viu Estevão, assim viram os discípulos, assim viram as mulheres : com a luz da fé: Deus perante de nós!! O lugar da palavra de Deus é a sociedade hierárquica. A glória divina ilumina as pessoas santas que são pois o fundamento da fé católica, en quanto estabeleçam sua vida cerca do Sacrifício eucarístico. Quem recebe de Jesus vê o Céu.

B Junto à cruz de Jesus estavam três Marias
Quem representam as três Marias ? As igrejas locais nas suas condições espirituais. Vimos que precisa estar cerca da santa Cruz. No monte Tabor foram os homens, agora as mulheres. Lembramos que os três homens (profetas e apóstolos, origem e missão) presentaram a iluminação, a vida espiritual e a esperança. Hoje vemos a Mãe de Jesus, sua tia Cleofe e a penitente Madalena. Na ordem hierárquica (necessidade da comunhão) a Nossa Senhora está par com são Pedro, Cleofe com são Tiago e santa Madalena com São João Evangelista. E curioso que este não se mencione no reporto, já que recebeu a palavra de Jesus: eis aqui tua mãe.

Se vamos um pouco para frente na história, veremos que sobretudo na Idade Média há muitas igrejas particulares que pertenceram a nobres, e em lugares onde andaram apóstolos havia pois bispos. Estas somente levaram o título canônico igreja, que eram na Comunhão hierárquica com o vigário de Cristo, o Romano Pontífice. Estas igréjas (para fora) vemos nas três mulheres: as comunhões de almas que esperam a missão do Messias. Do que provém o título exarcha de são Apolinare: fora da Aliança primitiva, além da Sala onde Jesus instituiu os Apóstolos e dando-lhes o domínio de Seu Corpo para levarem a sua Caridade (João 15,16) [3].

C Quando Jesus viu sua mãe e perto dela o discípulo que amava,
Jesus manda e pretende o riferir-se a Ele mesmo. Cleofe que não é mais especificada é análoga a são Tiago: ela olha, faz ver. Não há no Evangelho palavra de Jesus para ela. Ela é no meio (segundo lugar), quase as igrejas de pedra que estão nos inumeráveis lugares para alojar o sacrificio eucarístico.
Santa Madalena é análoga a João Evangelista, que teve demais coragem para procurar a ciência íntima de Jesus. Como o fariseu são Pedro e santa Marta pensavam dever corrigir o Mestre. As atitudes certas vemos em Madalena e João, sobre quais Jesus disse as palavras confirmação:
deixa-la, ela escolheu a melhor parte, (Luc 10,42) [4] ou o que te atinge se digo que ele ficará assim até minha segunda vinda, você siga Mim (João 21,23) [5]. São Pedro recebeu a ordem de apascentar na incerteza (João 21,15-18) [6] e Nossa Senhora recebeu o cuidado.

Resumamos a cena eclesiólogica sob a santa Cruz: a Primeira das Mulheres cuida da Revelação, a segunda ouve (aloja a palavra espiritual), a terceira chega como o Espírito Santo emana do Pai e do Filho, e representa o crescimento da Igreja: os fiéis que não ouvem mais as palavras naturais de Jesus. São João o Evangelista recebe a santíssima Mãe do Redentor, quase umas núpcias eternas (Ecli 15,4) [7], análogas à geração do Filho de Deus pelo Espírito Santo. Ex illa Hora diz o texto latino, são João recebeu a Mãe de Deus por obra da Crucifixão de Jesus. Porque Jesus amava a João mais dos outros, o Evangelista recebeu mais Amor dos colegas, como José de Jacó era mais amado do que seus irmãos. Vemos aqui a origem hierárquica da ciência que Jesus dá como pupila de seu olho. Jesus amava o mais novo dos Apóstolos porque o amor original deve chegar ao mais novo dos filhos gerados pela graça. Como santa Madalena recebeu mais amor que santa Marta.

Na Semana Santa recebemos a graça de Deus, como as três Marias.

Resumo
Jesus é o lugar da graça, mas a graça não é limitada a Jesus histórico.

Para receber a graça até o fim do mundo, precisamos estar em Comunhão eclesial (católica), figurada pelas três Marias ao pé da santa Cruz. São João representa o objeto da fé, ele escreve quase fosse mesmo na Cruz.

Deus é tudo e dá ao primeiro que procura (a si Mesmo = Verbo, lugar tenente = João Apóstolo que falou sobre o discurso trinitário de Jesus). Se fôssemos na Igreja católica, somos todos primeiros, assistindo às santas cerimônias da Tradição católica.

João recebeu a Mãe de Deus ex Hora illa e nós recebamos a riqueza da graça divina ex Parasceve. Parasceve significa preparação da graça, nome tradicional pela Sexta-Feira Santa.

A Semana Santa é a sexta do ciclo pascal, e 6 é o número da justiça [8]. Precisa ser católicos para aproveitar da divina Graça. Tomando a Comunhão pascal provamos que seguimos os sacros Cânones (as santas regras).

A Comunhão pascal é um obrigo dos Católicos.

Receber ex illa Hora = comungar na Festa de Páscoa, estar em fé.

[1] 38 Hoje, já não há príncipe, nem profeta, nem chefe, nem holocausto, nem sacrifício, nem oblação, nem incenso, nem mesmo um lugar para vos oferecer nossas primícias e encontrar misericórdia. 39 Entretanto, que a contrição de nosso coração e a humilhação de nosso espírito nos permita achar bom acolhimento junto a vós, Senhor, 40 como (se nós nos apresentássemos) com um holocausto de carneiros, de touros e milhares de gordos cordeiros! Que assim possa ser hoje o nosso sacrifício em vossa presença! Que possa (reconciliar-nos) convosco, porque nenhuma confusão existe para aqueles que põem em vós sua confiança. 41 É de todo nosso coração que nós vos seguimos agora, que nós vos reverenciamos, que buscamos vossa face. 42 Não nos confundais; tratai-nos com vossa habitual doçura e com todas as riquezas de vossa misericórdia.
[2] 54 Em conseqüência disso, Jesus já não andava em público entre os judeus. Retirou-se para uma região vizinha do deserto, a uma cidade chamada Efraim, e ali se detinha com seus discípulos.
[3] 16 Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi e vos constituí para que vades e produzais fruto, e o vosso fruto permaneça. Eu assim vos constituí, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vos conceda.
[4] 41 Respondeu-lhe o Senhor: Marta, Marta, andas muito inquieta e te preocupas com muitas coisas; 42 no entanto, uma só coisa é necessária; Maria escolheu a boa parte, que lhe não será tirada.
[5] 23 Correu por isso o boato entre os irmãos de que aquele discípulo não morreria. Mas Jesus não lhe disse: Não morrerá, mas: Que te importa se quero que ele fique assim até que eu venha?
[6] 18 Em verdade, em verdade te digo: quando eras mais moço, cingias-te e andavas aonde querias. Mas, quando fores velho, estenderás as tuas mãos, e outro te cingirá e te levará para onde não queres.
[7] Aquele que exerce a justiça possuirá a sabedoria. 2 Ela virá ao seu encontro como mãe cumulada de honrarias, e o receberá como uma esposa virgem; 3 alimentá-lo-á com o pão da vida e da inteligência, e o saciará com a água salutar da sabedoria. Ela se fortalecerá nele e o tornará inabalável, 4 ela o sustentará para que não seja confundido, e o exaltará entre os seus próximos.
[8] O Direito canônico é a disciplina 6 das ciências teológicas. (1 = dogma,
2 = exegese, 3 = pastoração, 4 = moral, 5 = história, 6 = direito, 7 = liturgia)