Clicks135
pt.news

Sacerdote polonês homossexual se descontrola na diocese de Buffalo

O padre Ryszard Biernat, de 38 anos, se lamentou em BuffaloNews.com (8 de setembro) que o bispo auxiliar de Buffalo, Edward Grosz, de 74 anos, "ameaçou" bloquear a sua ordenação e "deportá-lo" para a Polônia após Biernat ter se queixado a ele, em 2004, que teria sido "abusado sexualmente" por um padre.

Biernat acrescentou que o modo como Grosz tratou a sua reclamação foi "dez vezes pior" do que o próprio "abuso" [o que diz alguma coisa sobre o suposto "abuso"]. Biernat tinha 23 anos na época e era grande o suficiente para se defender. Um ano atrás, Biernat abusou de uma Missa para promover a si mesmo como uma "vítima de abuso sexual".

Biernat passou seis anos como secretário do bispo de Buffalo, Richard J. Malone (73 anos), a quem ele secretamente gravou para poder chantagear.

Há indicações de que Biernat seja homossexual, após uma "carta de amor" que ele enviou a um seminarista ter sido descoberta.

Biernat disse a BuffaloNews.com que se tornar um cidadão estadunidense em julho removeu "um medo de ser deportado". Isso mostra que ele se tornou padre em Buffalo para obter o passaporte norte-americano. De fato, em agosto ele deixou o sacerdócio.

Não é incomum que seminaristas poloneses problemáticos sejam ordenados no exterior após a sua diocese natal os ter recusado.

#newsPoiykcsxzc