Clicks110
pt.news

Cardeal mártir Pell: nem mesmo a mídia oligárquica acredita nas mentiras da promotoria

Nem mesmo a mídia oligárquica - que incentivou o ódio contra o cardeal George Pell durante décadas - acredita nas afirmações da promotoria contra o cardeal mártir.

DailyMail.co.uk (1º de março), ressaltou que Pell vestia, após a missa, no momento em que os "abusos" supostamente aconteceram, "quatro camadas de defesa" - incluindo alva, cíngulo, estola e casula.

Um sacerdote que não foi nomeado disse a 2GB.com que Pell não podia nem mesmo ir ao banheiro com suas camadas pesadas de vestimentas - imagine então expor suas partes íntimas: "era fisicamente impossível fazer o que ele está sendo acusado de ter feito."

O acusador afirmou que Pell tinha aberto ou tirado para o lado suas vestimentas litúrgicas. Porém, dentre elas, está a alva, um vestido longo que não pode ser desabotoado, aberto, ou tirado para o lado.

Em outro artigo, DailyMail.co.uk (26 de fevereiro) escreve que o acusador de Pell o pegou bebendo vinho tinto da missa, porém na sacristia havia somente vinho branco.

O principal ponto contra um veredito injusto é que, após uma missa pontifícia, uma sacristia nunca está vazia por vários minutos, mas sim cheia de gente - todas as quais testemunharam a favor de Pell.

Fotografia: © dailymail.co.uk, #newsLlbcahbbdl