Clicks68
pt.news

Nenhuma surpresa: revista católica liberal promoveu a pedofilia em 1984

Em 9 de agosto de 1984, o semanário católico belga Kerk & Leven (Igreja e Vida) publicou um anúncio promovendo a pedofilia, segundo o relato da revista La Ned, em 27 de junho.

O anúncio propagou uma reunião de um "grupo de trabalho ecumênico sobre pedofilia". Seu objetivo era "sensibilizar as igrejas" à pedofilia, "combater preconceitos" e "criar um local de encontro para pedófilos".

Um folheto publicado pelo grupo anunciou que "relações sexuais frequentes entre adultos e crianças não são necessariamente prejudiciais para os últimos, e existem relações sexuais que são até mesmo prazerosas e preciosas para as crianças".

Os pedófilos ecumênicos recomendavam que os pais "confiassem" em seus filhos: "Se seu filho ou filha aceitar essa relação por ser prazerosa, não destruam esse vínculo".

A circulação do jornal era então de cerca de 500.000 exemplares. A edição publicada sob a responsabilidade do notório cardeal Godfried Danneels.

Naquela época, estava na moda promover a pedofilia nos partidos de esquerda e nos círculos liberais da Igreja como parte da "liberação sexual". A mídia oligárquica que agora "combate" a pedofilia com tanta fúria, naquela época era uma parte importante da máquina de propaganda da pedofilia.

#newsQppmvsgjir