Cliques104
pt.news
1

Representante de Francisco "não celebra" a rejeição do aborto na Argentina

O senado argentino rejeitou, no dia 8 de agosto, uma proposta de lei para legalizar o aborto nas primeiras 14 semanas de gravidez.

O arcebispo Víctor Manuel Fernández, de La Plata - Argentina, disse, no Twitter, que ele "não celebra" o 'não' ao aborto, pois "acredita que nem os legisladores nem a sociedade em geral conseguem dormir em paz".

O que preocupa Fernández são as "gravidezes não desejadas" [= terminologia pró-aborto].

Fernández é um representante de Francisco que se tornou objeto do ridículo com o seu livro "a arte de beijar".

Fotografia: Víctor Manuel Fernánde, © Universidad Católica Argentina, CC BY-SA, #newsSsagmlyzta
bianc partilha isso.
Plata