Idioma
Cliques
47
pt.news

Cardeal do Vaticano promove antissemitismo eclesiástico

O cardeal Kurt Koch, presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos, colocou o "antissemitismo" e a missão aos judeus no mesmo nível:

"É importante para mim que [...] ninguém do lado cristão possa pensar que o antissemitismo e o antijudaísmo sejam de alguma forma justificados, e que o trabalho missionário cristão deva ou deveria ser continuado", escreveu Koch em um comentário para a agência de notícias dos bispos alemães KNA.

Koch contradisse o mandato de Cristo de converter judeus [e todo o povo] à Igreja ao comentar sobre um texto ambíguo publicado recentemente por Bento XVI.

Falando para todo o cristianismo, Koch insiste que não pode haver tentativas de "evangelizar" seres humanos de origem judaica.

Essas teorias são antissemitas, porque excluem os judeus da Igreja e da salvação em Cristo e se opõem à Igreja que começou através da evangelização dos judeus e a praticou desde então.

Fotografia: Kurt Koch, © Andreas Faessler, CC BY-SA, #newsChpnbitmgq

Escreva um comentário