Idioma
Cliques
108
pt.news

Truque do "caso individual": o cardeal Marx abençoa casais homossexuais

O cardeal de Munique, Reinhard Marx, de 64 anos, encorajou seus sacerdotes a darem a homossexuais um "estímulo" litúrgico [alemão: "Zuspruch"], acrescentando: "Não vejo nenhum problema nisso."

Ao falar a Bayerischer Rundfunk (3 de fevereiro), Marx afirmou que ele não quer que suas palavras sejam entendidas como uma aprovação geral ou uma bênção a pseudo-casamentos gays, embora este seja exatamente o efeito que as suas palavras terão, e Marx sabe disso.

Marx respondeu à pergunta se casais homossexuais podem ser abençoados dizendo "Sim, não existem soluções generalizantes." Ele quer introduzir bênçãos-gays com o truque do "caso a caso", e está afirmando que abençoar casais homossexuais pertence àquelas coisas "que não podem ser regulamentadas", embora a Igreja e o Evangelho considerem todo ato homossexual como um pecado mortal.

No entanto, Marx quer colocar sobre os padres das paróquias a decisão de abençoar ou não casais homossexuais [gravemente imoral]. Em breve, a recusa a abençoar casais gays será motivo para despedir sacerdotes na Alemanha.

#newsYoqzveghab