Clicks92
pt.news

Vaticano está cultivando uma nova farsa: o caso Orlandi

O trágico desaparecimento de junho de 1983 da jovem de 15 anos, Emmanuela Orlandi, filha de um funcionário do Vaticano, foi transformado em comédia por sua própria família.

Seu último ato foi a busca absurda por seus restos mortais em dois túmulos do início do século XIX, situados dentro do Vaticano, em 11 de julho, a pedido de sua família. Ambas as tumbas estavam vazias.

No ano passado, dois restos mortais que foram encontrados nos terrenos da embaixada do Vaticano em Roma foram rapidamente ligados a Emmanuela Orlandi. Depois de uma enorme discussão da mídia, determinou-se que esses restos tinham 2.000 anos.

Em todo o mundo, 607 pessoas desaparecem todos os dias, e nunca mais voltam.

#newsNgkvgvjkgz