Clicks85
pt.news

Freira assassinada e estuprada em Portugal

A irmã Maria Antónia Guerra de Pinho (61 anos), de São João da Madeira - Portugal, foi assassinada no domingo 8 de setembro.

O seu assassino foi "Tito", de 44 anos. Ele foi solto da prisão há apenas três meses, após servir 3/4 da pena de 16 anos por estupro. Ele morava com sua mãe e um irmão.

No domingo de manhã, a irmã Maria Antónia o levou consigo no carro na saída da missa. Tito a convidou para um café como sinal de gratidão. A freira concordou e entrou na residência de Tito. Dentro, Tito pediu para ter relações sexuais com ela.

Quando a freira recusou, Tito aplicou um mata-leão, matando-a. Então, ele realizou atos sexuais no seu corpo morto e a abandonou na cama.

Maria Antónia, fazendeira, se tornou irmã da Congregação das Servas de Maria, Ministras dos Enfermos, há 40 anos. Ela trabalhou na Espanha e na Itália antes de voltar para casa para cuidar da sua mãe doente.

A mídia a etiquetou como uma "radical" e "progressiva", escrevendo que ela também frequentava um centro fitness.

#newsUvtddeoonk