Cliques1,3 mil

O Segredo do Santo Rosário

RejaneMS
São Luís Mª Grignion de Montfort O Segredo do Rosário Traduzido do inglês por: Geraldo Pinto Faria Jr. Com aprovação dos Padres Missionários Monfortinos 3 - Apresentação Nesta ano em que a Igreja …Mais
São Luís Mª Grignion de Montfort

O Segredo
do
Rosário

Traduzido do inglês por:
Geraldo Pinto Faria Jr.
Com aprovação dos Padres Missionários Monfortinos

3

-
Apresentação

Nesta ano em que a Igreja celebra os

50 anos de Canonização de São Luís Maria de

Montfort, momento em que os Missionários Monfortinos celebram os 30 anos de presença
no Brasil e em que a Igreja do Brasil lança o Projeto Rumo ao Novo Milênio

, vemos o

lançamento de mais uma das obras deste santo que continua animando missionariamente a
Igreja do mundo.
Trata-se da primeira edição brasileira do

SEGREDO ADMIRÁVEL DO ROSÁRIO, ou

também chamado

O SEGREDO DO ROSÁRIO. Nesta obra, Montfort deixar conhecer o zelo

missionário e o seu extraordinário amor à Virgem através da oração do Santo Rosário.
Para S. Luís de Montfort, o Rosário não é somente um modo de oração fácil, que pode
ser feita por qualquer pessoa, mas um caminho espiritualmente seguro dentre as formas mais
elevadas de união com DEUS, em JESUS por Maria.
Percebemos que na sociedade moderna muitas pessoas estão redescobrindo o terço. A
meditação e a contemplação dos mistérios salvíficos continuam sendo o modo de oração mais
procurado pelos cristãos católicos.
No Segredo do Rosário

S. Luís Maria de Montfort expõe, de modo prático e didático,

os motivos e as formas para se rezar o Rosário de Maria, e ainda mais, nos conta a história do
Rosário, animando-nos à oração, falando dos inúmeros exemplos de grandes santos e místicos
que, no seu tempo, já o rezavam alcançando muitas graças.
Aproveite bem deste livro. Você, com certeza, não vai contentar-se por lê-lo apenas
uma vez. Reze com carinho, orientado por

S. Luís de Montfort. A oração feita com

perseverança ajudará você a encontra-se com o SENHOR e a servi-lo, principalmente na prática
da justiça e da solidariedade, indispensáveis na vida de todo cristão.
Na festa da Anunciação de Nossa Senhora
João Monlevade, 25 de Março de 1997.
Pe. Luiz Augusto Stefani
Missionário Monfortino
4

Índice

Prefácio
Uma Rosa branca – Para os Sacerdotes-----------------------------------------------------------------------06
Uma Rosa vermelha – Para os pecadores---------------------------------------------------------------------07
Uma Roseira mística – Para as almas devotas---------------------------------------------------------------08
Um botão de Rosa – Para as crianças--------------------------------------------------------------------------09
PARTE I – Primeira Rosa – As orações do Rosário-----------------------------------------------------------10
Segunda Rosa – Origem-------------------------------------------------------------------------------------------10
Terceira Rosa – São Domingos----------------------------------------------------------------------------------12
Quarta Rosa – Bem-aventurado Alano de La Roche--------------------------------------------------------14
Quinta Rosa – A Confraria----------------------------------------------------------------------------------------16
Sexta Rosa – O Saltério de Maria-------------------------------------------------------------------------------17
Sétima Rosa – Coroa de Rosas-----------------------------------------------------------------------------------18
Oitava Rosa – As Maravilhas do Rosário----------------------------------------------------------------------19
Nona Rosa – Inimigos----------------------------------------------------------------------------------------------21
Décima Rosa – Milagres-------------------------------------------------------------------------------------------21
Décima-primeira Rosa – O Credo-------------------------------------------------------------------------------23
Décima-segunda Rosa- O PAI Nosso---------------------------------------------------------------------------24
Décima-terceira Rosa – O PAI Nosso (continuação)--------------------------------------------------------28
Décima-quarta Rosa - O PAI Nosso (continuação)----------------------------------------------------------30
Décima-quinta Rosa – A Ave Maria-----------------------------------------------------------------------------31
Décima-sexta Rosa – A Ave Maria e sua beleza-------------------------------------------------------------32
Décima-sétima Rosa – A Ave Maria e seus frutos-----------------------------------------------------------34
Décima-oitava Rosa – A Ave Maria e suas bênçãos--------------------------------------------------------35
Décima-nona Rosa – A Ave Maria – Uma feliz troca-------------------------------------------------------36
Vigésima Rosa – A Ave Maria – Breve explicação-----------------------------------------------------------38
Vigésima-primeira Rosa – Os quinze Mistérios--------------------------------------------------------------40
Vigésima-segunda Rosa – Assemelhando-se a CRISTO----------------------------------------------------42
Vigésima-terceira Rosa – Memorial----------------------------------------------------------------------------43
Vigésima-quarta Rosa – Meios de Perfeição-----------------------------------------------------------------45
Vigésima-quinta Rosa – Tesouros de Santificação----------------------------------------------------------46
Vigésima-sexta Rosa- Oração sublime-------------------------------------------------------------------------48
Vigésima-sétima Rosa – Benefícios-----------------------------------------------------------------------------50
Vigésima-oitava Rosa – Efeitos Salutares---------------------------------------------------------------------52
Vigésima-nona Rosa – Meios de Salvação--------------------------------------------------------------------53
Trigésima Rosa – Privilégios da Confraria---------------------------------------------------------------------55
Trigésima-primeira Rosa – Blanche de Castille e Alphonsus VIII----------------------------------------57
Trigésima-segunda Rosa – Dom Perez-------------------------------------------------------------------------58
Trigésima-terceira Rosa – Uma possessão diabólica-------------------------------------------------------59
Trigésima-quarta Rosa – Simon de Montfort, Alano de Lanvavallay e Otéro------------------------61
Trigésima-quinta Rosa – Cardeal Pierre-----------------------------------------------------------------------62
Trigésima-sexta Rosa – Liberta de satanás
5
Trigésima-sétima Rosa – A Reforma de um mosteiro------------------------------------------------------63
Trigésima-oitava Rosa – A devoção de um Bispo-----------------------------------------------------------64
Trigésima-nona Rosa – A paróquia transformada----------------------------------------------------------65
Quadragésima Rosa – Os efeitos admiráveis ---------------------------------------------------------------66
Quadragésima-primeira Rosa – A Pureza de intenção-----------------------------------------------------67
Quadragésima-segunda Rosa – Com atenção---------------------------------------------------------------69
Quadragésima-terceira Rosa – lutando contra as distrações--------------------------------------------70
Quadragésima-quarta Rosa – Um bom método------------------------------------------------------------71
Quadragésima-quinta Rosa – Rezar com Reverência------------------------------------------------------74
Quadragésima-sexta Rosa – Rezar em grupo----------------------------------------------------------------75
Quadragésima-sétima Rosa – As disposições próprias ---------------------------------------------------77
Quadragésima-oitava Rosa – Perseverança------------------------------------------------------------------81
Quadragésima-nona Rosa – As indulgências-----------------------------------------------------------------84
Quinquagésima Rosa – Vários Métodos----------------------------------------------------------------------85
Como oferecer cada dezena – Os Mistérios Gozosos-----------------------------------------------------86
Os Mistérios Dolorosos-------------------------------------------------------------------------------------------88
Os Mistérios Gloriosos--------------------------------------------------------------------------------------------89
Segundo Método – Modo abreviado--------------------------------------------------------------------------90
Principais Regras da Confraria-----------------------------------------------------------------------------------92
O Poder, Valor e Santidade do Rosário------------------------------------------------------------------------93
A Saudação do Rosário é digna da Rainha dos Céus-------------------------------------------------------94
As indulgências------------------------------------------------------------------------------------------------------96
As Novas normas----------------------------------------------------------------------------------------------------97
Consagração ao Imaculado Coração de Maria---------------------------------------------------------------98
Oração pelo Papa---------------------------------------------------------------------------------------------------98
6
Uma Rosa Branca

Para os Sacerdotes
Caros Ministros do Altíssimo

, vocês são meu companheiros sacerdotes que pregam a

verdade de Deus e que ensinam o Evangelho a todas as nações, deixe-me dar-lhes este
pequeno livro, como uma rosa branca, que eu gostaria que as conservassem. As verdades nele
contidas são postas de uma maneira simples e direta como vocês observarão. Por favor,
mantenham-nas em seus corações, a fim de que vocês mesmos possam se habituar ao uso do
Rosário e que promovem o fruto; e por favor, tenham-nas sempre nos seus lábios, também, a
fim de que sem possam pregar o Rosário e assim converter outros através do ensino da
excelências desta santa devoção.
Peço que estejam atentos, a fim de não pensarem que o Rosário é de pouca
importância, como dizem os ignorantes e alguns grandes intelectuais orgulhosos. Longe de
insignificante, o Rosário é um tesouro de valor incalculável e inspirado por DEUS.
DEUS …