Clicks162
pt.news

Farsa dos abusos: bispo defende pelo menos A SI MESMO

Em 22 de fevereiro, o bispo do Brooklyn, Nicholas DiMarzio, classificou um processo de abuso contra ele de "difamatório".

"Não abusei do acusador ou de qualquer outra pessoa em meu ministério de 50 anos como padre", disse DiMarzio, de acordo com CatholicNews.com: "Falsas alegações causam danos reais às vítimas de abuso sexual".

O difamador de DiMarzio é Samier Tadros, de 47 anos. Ele afirma que DiMarzio "abusou" dele de 1978 a 1980 na Igreja do Santo Rosário em Jersey City, onde Tadros supostamente recebeu instrução religiosa privada de DiMarzio.

No entanto, DiMarzio era apenas residente nesta paróquia, sem ser ativo na educação religiosa. Tadros nunca frequentou a paróquia ou a escola paroquial e não era católico.

"Qualquer pessoa com um mínimo de compreensão da vida paroquial sabe que dá asas à imaginação pensar que um padre estaria dando aulas particulares de catecismo para uma criança não católica de 6 ou 7 anos de idade", explicou DiMarzio. .

O acusador quer US$ 20 milhões da Igreja.

#newsKozgajxysc