pt.news
172

Vale tudo: Francisco aprova leigos na Conferência Episcopal de fato

A "Conferência Eclesial Amazônica" inclui bispos e leigos, disse seu presidente, o cardeal Pedro Baretto Jimeno, de 78 anos, de Huancayo - Peru, ao site AmericaMagazin.org (3 de outubro).

Francisco aprovou o estatuto da Conferência que, segundo Baretto, é "o primeiro de seu tipo na história da Igreja" e "o primeiro fruto concreto do sínodo amazônico".

A Conferência Amazônica é chamada de "Conferência Eclesial" porque inclui bispos e membros leigos de nove países da região amazônica. Uma Conferência Episcopal, em contraste, inclui apenas os bispos de um determinado território.

Baretto acredita que conferências eclesiais semelhantes surgirão em outros continentes nos próximos anos, incluindo África e Ásia e que as "conferências episcopais" terão que se transformar, nos próximos anos, em "conferências eclesiais".

Dado o centralismo de Francisco e a mediocridade intelectual da maioria dos bispos, as conferências dos bispos degeneraram em sociedades de debates inúteis, enquanto a Igreja está nas garras da anarquia total.

Fotografia: © Miguel Angel Chong, wikipedia, CC BY-SA, #newsNtuntmosyf