Clicks117
pt.news

Vaticano culpa jornalista por negação de Francisco à divindade de Cristo

Matteo Bruni, diretor do Gabinete de Imprensa da Santa Sé, se recusou em 9 de outubro a negar ou retificar a afirmação de Francisco de que Jesus "não foi Deus".

Francisco contou isso a seu amigo, o jornalista Eugenio Scalfari (artigo na imagem).

Bruni disse: "Como já foi dito em outras ocasiões, as palavras que o Dr. Eugenio Scalfari atribui entre aspas ao Santo Padre durante as conversas que teve com ele não podem ser consideradas um relato fiel do que foi realmente dito, mas uma interpretação pessoal e livre do que ele ouviu, como parece completamente evidente no que ele escreveu hoje sobre a divindade de Jesus Cristo".

A explicação de Bruni não faz sentido. Por que Francisco continuaria dando entrevistas a Scalfari se esse o deturparia sistematicamente?

Esta foi a sexta entrevista de Scalfari com Francisco. Em março de 2018, Scalfari revelou que Francisco lhe disse que "o inferno não existe". Já então, o Vaticano tentou salvar Francisco censurando Scalfari pela declaração.

#newsNsubvqluww