Clicks141
pt.news

Vacinação forçada: o Vaticano realmente retrocedeu?

O cardeal Bertello, presidente da Pontifícia Comissão para o Estado da Cidade do Vaticano, emitiu uma declaração em 18 de fevereiro prometendo “soluções alternativas” para os funcionários do Vaticano que não desejam receber a vacina contra a Covid-19.

Eles não perderiam seus empregos, conforme sugerido inicialmente em um decreto do Vaticano.

Bertello reagiu depois que o Vaticano foi confrontado com manchetes como “Sem vacina, sem emprego: o Vaticano enrijece com os antivacina" (Reuters.com).

Apesar da negação de Bertello, é improvável que o Vaticano relaxe sua posição sobre vacinações forçadas.

Fotografia: Giuseppe Bertello © wikicommons, CC BY-SA, #newsOhlkpylvqh