Clicks112
pt.news

Chega de pensar! Padre processado por criticar vaca sagrada

O padre Paulo Antônio Mueller, de Tapurah - MT, criticou em uma homilia de 13 de junho um jornalista homossexual da poderosa TV Globo, que não tolera vozes dissidentes.

Um dia depois do homossexualista “Dia dos Namorados”, Mueller colocou as coisas em perspectiva dizendo que “namoro não é como a Globo mostrou esta semana: dois viados. Desculpa, dois viados. Um repórter e um viadinho chamado Felipe, dizendo: 'Prepara o almoço, tô chegando, tô com saudade, Felipe'. Ridículo”, observou Mueller.

Ele se referiu ao Livro do Gênesis, que mostra como Deus "criou o homem e a mulher", constituindo assim o casamento. Mueller admitiu que "eles podem chamar a união de dois viados e duas lésbicas da maneira que quiserem, mas não de casamento", notando que isso seria “falta de respeito para com Deus; um sacrilégio; uma blasfêmia”, porque “o casamento é algo belo e digno”.

Um vídeo da homilia se tornou viral, por isso os promotores do estado do Mato Grosso estão investigando essa crítica como "discurso de ódio" em nome dos oligarcas. O Supremo Tribunal Federal afirmou recentemente que criticar o vício homossexual deve ser tratado como um ato de "racismo", o que o Brasil trata como "crime".

#newsXwjmliywul