Clicks119
pt.news

Cardeal Müller rejeita críticas injustas

O cardeal Gerhard Ludwig Müller rejeitou críticas injustas pela sua assinatura no Apelo de Viganò contra o regime do coronavírus.

Diante de Die-Tagespost.de (10 de maio), Müller declarou que, hoje, todo dissidente é desqualificado como "teórico da conspiração".

O texto de Viganò é deliberadamente mal compreendido, diz Müller. Ele explica que não fez nada além de ter declarado por telefone que concorda com ele em termos gerais.

O texto não é uma análise científica e é errado sempre polarizar tudo, argumenta Müller: "Quem conhece melhor pode corrigir com calma os erros reais ou supostos com argumentos sóbrios".

Fotografia: Gerhard Ludwig Müller, © Mazur, CC BY-NC-SA, #newsFqowfmzbzg