Clicks112
pt.news

Homens adultos? Cardeal e Papa estavam chorando juntos

"Começamos a chorar, as lágrimas rolaram porque as emoções eram incontroláveis", disse o cardeal Malcolm Ranjith ao Vatican News alemão, em 22 de julho, sobre um encontro com Papa Francisco um mês antes.

O motivo para os sentimentos transbordantes: Ranjith disse a Francisco sobre os ataques de 21 de abril no Sri Lanka, na Páscoa, quando 259 pessoas perderam suas vidas e pelo menos 500 ficaram feridas.

De acordo com Ranjith, o governo faz poucos esforços para investigar o caso, também para esconder as próprias carências.

Em 2005, Bento XVI nomeou Ranjith como Secretário da Congregação para a Liturgia. Ranjith rapidamente se tornou um líder da tão anunciada reforma litúrgica de Bento.

Mas após menos de 4 anos, Bento voltou atrás e enviou Rajith para o Sri Lanka.

Vídeo abaixo: Primeira Missa (21 de julho) na Igreja de São Sebastião, em Katuwapitiya - Sri Lanka, após o ataque do Domingo de Páscoa.

Fotografia: Malcolm Ranjith, #newsRcpxdegbci