Clicks198
pt.news

Ataque a bispo: padres agiram com autêntica participação leiga

Três padres estão entre 12 (outras fontes: 24) pessoas presas em 26 de abril, horas depois que o bispo eleito de Rumbek, Christian Carlassare, ter sido baleado, conforme relata AciAfrica.org.

A polícia seguiu pistas cruciais de um celular encontrado na cena do crime. Um dos atiradores que atirou em Carlassare o deixou cair e Carlassare caiu sobre ele.

Entre os presos estão personalidades leigas proeminentes da Diocese de Rumbek. O presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir, católico, pediu uma rápida investigação do crime.

O ministro interino da Informação e Comunicação, William Kocji Kerjok, disse à Rádio Tamazuj em 26 de abril que "estamos tratando [o caso] como uma política dentro da própria Igreja Católica".

Ele acrescentou que a liderança da Igreja deve responder por isso: "É por isso que o governo está prendendo quase todos [no entorno do bispo] para que sejam responsabilizados por isso".

Um Vaticano descuidado precisou de quase dez (!) anos para substituir o bispo de Rumbek, Cesare Mazzolari, que morreu em 2011. É provável que aqueles que preencheram este vácuo de poder se sintam ameaçados pelo novo bispo.

#newsLtfyfnhoku