Clicks109
pt.news

Decano dos cardeais: Nenhum padre? Sem problemas!

Corriere.it (17 de maio) perguntou ao cardeal Giovanni Battista Re, decano dos cardeais, o que ele diz aos fiéis cujos parentes morreram sem um padre e um funeral por causa do coronavírus.

Re imediatamente se refugiou em um jogo de palavras: "Deus quer que todos os seres humanos sejam salvos".

A presença de um sacerdote não faz nenhuma diferença para ele: "Deus estava perto dos nossos entes queridos que partiram e ofereceu a cada um a possibilidade de reconciliação com Ele, mesmo que não houvesse um sacerdote para absolver".

Re vê o padre apenas como um facilitador para os parentes sobreviventes: "O aspecto trágico da situação foi terrível para a família".

Para quem morre, a ausência de um padre é "menos" trágica: "No momento da morte, mesmo estando cercada por parentes e amigos, a pessoa está sempre sozinha".

Mas nem isso é um problema, porque aqueles que morreram se encontram "imediatamente depois na imensidão do amor de Deus". Em outras palavras: a vida do cardeal Re como padre foi uma perda de tempo.

Fotografia: Giovanni Battista Re, © Wikicommons, CC BY-SA, #newsNjksgmgsvc