Clicks114
pt.news

Cardeal: nem mesmo Deus pode "abençoar" uniões homossexuais

Ninguém na Igreja tem o direito de realizar "bênçãos homossexuais", disse o cardeal Camillo Ruini, de 90 anos, a IlFoglio.it (4 de maio).

Ruini estava comentando sobre os planos alemães de fazer isso em 10 de maio. Os homossexuais poderiam, é claro, ser abençoados, explicou Ruini, "para que se convertessem", mas não "para que persistissem no pecado". O próprio Deus não é capaz de abençoar o pecado, disse ele.

Ruini declara que a Igreja não decidiu simplesmente "não abençoar" uniões homossexuais, mas que ela não poderia fazê-lo de forma alguma: "De acordo com o ensino constante da Sagrada Escritura, Antigo e Novo Testamento e Tradição da Igreja, atos homossexuais são intrinsecamente desordenadas [pecaminosos] porque não podem transmitir a vida e não se fundam numa real complementaridade afetiva e sexual”.

Mesmo assim, Ruini admitiu que tais bênçãos estão se espalhando pela Igreja. Sua esperança é "que não haja um cisma" - embora o cisma já exista há muito tempo.

Fotografia: Camillo Ruini, © wikicommons, CC BY-SA, #newsQdwmonamoe