pt.news
285

Irmã Luisa Dell'Orto foi assassinada intencionalmente

A irmã italiana Luisa Dell'Orto não foi morta no Haiti durante um assalto, informou TV2000.

No sábado, 25 de junho, por volta das 9h30, na rua Delmas 19, em Port au Prince, um carro bateu em seu carro, empurrando o lado do motorista contra uma parede.

Três homens encapuzados vestidos de preto saíram do carro. Um deles disparou quatro tiros contra a irmã, que morreu duas horas depois no hospital. Nada foi roubado.

Depois de se formar em História e Filosofia, Luisa se juntou às Irmãzinhas de Charles de Foucault em 1984 e trabalhou em Camarões e Madagascar antes de chegar ao Haiti em 2002, onde administrou sozinha uma casa para crianças. Tendo obtido um segundo doutorado em Lugano, na Suíça, ela também lecionava no seminário. Ela completaria 65 anos em 27 de junho.

A Irmã Franciscana Marcella Catozza, que atua no Haiti e falava ao telefone regularmente com a Irmã Luisa, a chamou de “obstinada”, mas também “tímida e humilde”, acrescentando que “em tantos anos, ela nunca me chamou de Marcella, mas sempre de Irmã Marcella, para enfatizar essa centralidade da nossa vocação”.

Irmã Luisa também pertencia ao movimento Comunione e Liberazione.

#newsXysujmcvgs

01:53