Join Gloria’s Christmas Campaign. Donate now!
Clicks95
pt.news

Cardeal Burke: "Está claro que Francisco não me quer em nenhuma posição de liderança"

"Ao longo do meu sacerdócio, eu sempre fui criticado por ser atento demais ao que o papa estava dizendo", disse o cardeal Raymond Burke a Ross Douthat em uma entrevista para o malvado The New York Times (9 de novembro).

"E agora me encontro em uma situação onde sou chamado de inimigo do papa, o que eu não sou", acrescentou Burke.

Ele afirma que "Eu não mudei. Ainda estou ensinando as mesmas coisas que sempre ensinei, e não são ideias minhas".

Ele observa que o papado tem sido alterado por uma "visão política" em que o papa é como um monarca absoluto "que pode fazer o que quiser".

Entretanto, Burke ressalta que um papa não é eleito para mudar o ensinamento da Igreja.

Ele percebe que Francisco o "rebaixou": "Está claro que o papa não me quer em nenhuma posição de liderança, que ele não me vê como o tipo de pessoa que ele quer que esteja dando uma forte direção às coisas".

Fotografia: Raymond Burke, © John Briody, CC BY-ND, #newsEuzjaizzwc