Clicks256
pt.news

Abuso infantil: irmã travesti de Francisco endossa "crianças trans"

A irmã carmelita argentina Monica Astorga Cremona, travesti ativista, acredita que crianças podem viver como travestis.

Durante uma campanha de 2016, ela exibiu um texto que dizia: “Infância trans sem violência ou discriminação - Junte-se a nós!” Uma foto disso foi publicada em novembro de 2017 por Hermán Rossi, um político local, em FaceBook.com.

Francisco elogiou Astorga em agosto por sua conivência com travestis prostitutos.

Astorga começou em 2006 na província de Neuquen, Argentina. O cardeal Bergoglio visitou o local em 2009 e o aprovou.

Ela colabora com a organização “Vidas Escondidas” cujo presidente é o travesti Lujan Acuna que afirma que travestis sob seus cuidados podem se prostituir “por opção” e acredita que “se querem se prostituir, devem fazê-lo”.

#newsAexsuthkkm