Clicks76
pt.news

Político alemão anuncia próxima "bênção" do seu pseudo casamento por parte da Igreja

O político local Thorsten Rollmann, de 50 anos, de Wenigumstadt - Alemanha, contraiu em 29 de outubro um pseudo casamento gay.

Ele pertence à União Social-Cristã na Baviera, que é descrita como um partido "cristão-democrático" e "conservador".

Rollmann disse a Main-Echo.de (1º de dezembro) que uma "grande celebração" pelo seu pseudo matrimônio será realizada no ano que vem, e que "também haverá uma bênção da Igreja".

Empregado bancário capacitado, Rollmann canta no coral da igreja, é um leitor e distribui a Sagrada Comunhão. Ele entende que "pessoas mais velhas" têm um problema com homossexualidade, porque "isso era considerado um pecado".

Depois de vir a público com sua homossexualidade, ele ofereceu a sua renúncia como leitor e ministro da Comunhão, de modo a evitar divisões na paróquia.

Entretanto, o pastor de Wenigumstadt o apoiou, e pediu a Rollmann que o informasse se encontrasse oposição. Uma mulher que não quis receber a Comunhão de Rollmann foi persuadida pelo diácono.

Rollmann não se sente ofendido pelo fato de que a Igreja ofereça a ele "apenas" uma "bênção" [ilegal] e não uma cerimônia de matrimônio:

"Para mim, a bênção não é outra coisa que uma cerimônia de casamento, apenas a estola do pároco não será coloca sobre nossas mãos".

#newsNydxfdmhwj