Clicks115
pt.news

João Paulo I era mesmo um "santo"?

Em 13 de outubro, Francisco abriu o caminho para a “beatificação” de João Paulo I (Albino Luciani, +1978), mas o jornalista Américo Mascarucci continua cético.

Ele ressalta em MarcoTosatti.com (15 de outubro), que entre 1967-1969, o bispo de Vittorio Veneto, Luciani, administrou mal o “Cisma de Montaner” quando uma aldeia inteira renunciou ao catolicismo e abraçou a ortodoxia pela nomeação de um pároco por Luciani. Luciani chegou a Montaner, escoltado pela polícia para retirar o Santíssimo Sacramento da igreja.

Ele reprimiu em sua diocese os grupos de oração de Padre Pio e proibiu as peregrinações a San Giovanni Rotondo.

Foi mérito seu como Patriarca de Veneza ter dissolvido a FUCI (Federação de Estudantes Católicos) local porque eles apoiavam a introdução do divórcio civil na Itália.

No entanto, ao mesmo tempo, olhou com grande hostilidade para o Rito Romano e “impôs de forma quase obsessiva a observância do missal moderno”.

#newsVprvdnwqhd