Clicks219
pt.news

Revelador: Vaticano fala a língua dos abortistas

O cardeal Luis Ladaria, o irresponsável prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, usa em sua carta de 7 de maio aos bispos dos Estados Unidos, em que insinua que os políticos do aborto deveriam receber a comunhão, o termo enganoso "pró-escolha".

"Pró-escolha" insinua que assassinar um pequeno ser humano no ventre da mãe é uma "opção". É a primeira vez que o Vaticano usa esta expressão enganosa, inventada para esconder o fato de que o aborto mata um coração que bate.

Ladaria usa o termo repetidamente, referindo-se duas vezes a “políticos pró-escolha” e, depois, a uma “legislação pró-escolha” e a uma “posição pró-escolha”, o que prova que o uso do termo não foi acidental.

Mesmo o Concílio Vaticano II chamou o aborto não de uma "escolha", mas de um "crime abominável". O Vaticano de Francisco tem medo de tocar no aborto porque é uma "vaca sagrada" dos oligarcas.

Fotografia: Luis Ladaria © Mazur, CC BY-SA, #newsMjanmqihfw