pt.news
360

Pecador público: abusador homossexual envergonha o Vaticano

Monsenhor Tony Anatrella, de 80 anos, psicoterapeuta ("o psiquiatra da Igreja") - acusado desde 2001 por diversos homens, geralmente homossexuais, de lhes ter aplicado "terapia corporal", fazendo-os …More
Monsenhor Tony Anatrella, de 80 anos, psicoterapeuta ("o psiquiatra da Igreja") - acusado desde 2001 por diversos homens, geralmente homossexuais, de lhes ter aplicado "terapia corporal", fazendo-os despi-los e masturbá-los -, participou da Conferência do Vaticano sobre o sacerdócio, realizada de 17 a 19 de fevereiro.
Em 2018, o arcebispo de Paris, Michel Aupetit, considerou Anatrella culpado e o suspendeu, proibindo-o de falar em público. Na conferência registrou-se como “Mons. Tony Anatrela”.
La-Croix.com sabe que Anatrella almoçou em Santa Marta (onde reside Francisco) na quinta-feira. A pousada é um dos locais onde os participantes do simpósio podem fazer suas refeições.
As inscrições para o evento foram abertas a todo o clero e realizadas por uma empresa italiana. Anatrella se inscreveu por iniciativa própria. O cardeal Ouellet, cuja congregação organiza o evento, protestou por não saber da presença de Anatrella.
No entanto, Ouellet prefaciou um dos livros de Anatrella, o convidou …More