Clicks139
pt.news

Cardeal da Cúria: “Poucas pessoas com muito dinheiro procuram impor suas ideias”

Depois de entrevistar o cardeal Peter Turkson, que dirige o Dicastério de Questões Sociais do Vaticano, Edward Pentin publicou duas perguntas da entrevista apenas em seu site pessoal porque "tiveram que ser editadas" antes que o texto fosse publicado em NcRegister.com da EWTN (10 de fevereiro).

A primeira pergunta diz respeito ao fato de que iniciativas globalistas colocam “muito poder” em um “grupo muito pequeno de pessoas” que estão então “forçando uma certa visão de mundo sobre os outros" - algo" típico do socialismo e do comunismo”.

Turkson respondeu que, na internet, isso às vezes é atribuído aos "Illuminati", sábios autoproclamados que buscam controlar a sociedade. O cardeal explicou que "agora a mesma coisa está acontecendo com algumas pessoas com muito dinheiro que buscam impor suas ideias".

Pentin confrontou Turkson com o perigo de que falar genericamente sobre Deus enquanto ignora Cristo pode levar a uma pseudo-religião, a saber: uma "religião climática" ou uma religião panteísta-ambientalista da iniciativa Grande Reset.

Turkson respondeu com o truísmo de que um dicastério do Vaticano "não pode" promover o panteísmo. Para ele, a descrição da terra como "nossa casa comum" não é panteísta. Seu argumento: "Toda a criação está envolvida em louvar a Deus, a criação não pode ser uma divindade, porque a divindade não pode louvar a Deus”.

Fotografia: Peter Turkson, © Mazur, CC BY-NC-SA, #newsJugnhujwsg