Clicks113
pt.news

“Estado policial”: padres irlandeses ameaçados de prisão

O padre Patrick Hughes foi informado pela polícia em Mullahoran, Irlanda, que ele poderia ser processado por não ter afastado as pessoas da missa dominical.

Na Irlanda, as missas públicas estão proibidas desde outubro e as contravenções são punidas com até € 2.500 e/ou seis meses de prisão. Hughes foi traído por um informante local.

Ele disse à AngloCelt.ie (18 de novembro) que continua a rezar a missa "porque é nosso direito constitucional praticar nossa religião".

O padre ainda se recusa a expulsar os fiéis, mas não quer ser processado. Portanto, ele celebrará a missa em horários diferentes, o que torna mais difícil a participação das pessoas.

Sua conclusão: “Estamos em um estado policial”. Hughes não é a única vítima. No domingo passado, a polícia apareceu em outras paróquias irlandesas dizendo aos padres que eles iriam “aplicar todos os rigores da lei” contra eles.

Fotografia: © Mazur, CC BY-NC-SA, #newsHetukfwoid