Clicks114
pt.news

Bispo do Opus Dei quer que leigos realizem casamentos e batizem

O bispo José Maria Bonnemain, de Chur - Suíça, um sacerdote do Opus Dei, permite que funcionários leigos administrem batismos, embora a diocese tenha padres suficientes. Batismos de leigos são comuns em muitas dioceses da Europa Ocidental, embora o número de batismos esteja diminuindo drasticamente.

Para que funcionários leigos possam realizar casamentos, certas condições devem ser atendidas, disse Bonnemain a Kath.ch (22 de outubro). Um bispo pode delegar essa tarefa a leigos após a aprovação da Conferência Episcopal e de Roma.

"Estou prestes a dar início a isso, mas primeiro irei discutir isso com o Conselho dos Padres". O número de casamentos na igreja na Diocese de Chur despencou drasticamente. Os poucos que se casam na igreja são, em sua maioria, católicos praticantes que insistem na presença de um padre.

Para Bonnemain, é "lógico" que funcionários leigos responsáveis por uma paróquia [morta] sejam comissionados para realizar batismos e, se possível, casamentos. Em agosto, Bonnemain disse que não tinha objeções ao matrimônio homossexual, mas simplesmente queria chamá-lo de outra coisa.

Fotografia: José Maria Bonnemain, © Pressebild, #newsKcerhyaesp