Clicks137
pt.news

O próximo cardeal deseja bênçãos homossexuais

O cardeal anticatólico Jozef De Kesel de Mechelen-Bruxelas - Bélgica, embarcou em uma viagem emocionante perguntando em Standaard.be quantas pessoas foram "feridas" pela proibição do Vaticano às "bênçãos" homossexuais (3 de abril).

Muitas pessoas ficam "magoadas" com o anticatolicismo desenfreado de De Kesel, mas ele não se importa. De Kesel começou a filosofar sobre homossexuais “que tentam viver uma vida com seu parceiro em amor fiel” e de acordo com uma “orientação” que “eles não escolheram”. O mesmo ele poderia dizer sobre qualquer perversão sexual.

em maio de 2018, De Kesel pediu "bênçãos" aos homossexuais, apelando à Igreja para "respeitar" o homossexualismo que, no entanto, de acordo com o ensinamento infalível da Igreja, é pecado.

Não é de se surpreender que no ano passado um único sacerdote tenha sido ordenado para a arquidiocese de Mechelen-Bruxelas, que conta com 1,8 milhão de católicos.

#newsOzuyxtpvly