Clicks160
pt.news

Algumas perguntas relacionadas aols Legionários de Cristo nas publicaçôes de "Pandora Papers"

1. É verdade que a Congregação dos Legionários de Cristo tem, como dizem alguns artigos sobre os “Pandora Papers”, milhões de dólares em fundos na Nova Zelândia?

R: Não, não é verdade. Os dois fundos (fideicomissos) que a mídia diz ter esse dinheiro não foram criados pela Congregação. As publicações dos “Pandora Papers” foram falsamente atribuídas à Congregação, embora tenhamos esclarecido essa informação ao Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos. A Congregação recebeu doações desses fundos, que foram criados por um padre da Congregação e seus parentes.

2. Qual é a relação entre os Legionários de Cristo e o fundo AlfaOmega Trust e o Salus Trust (não criado pela Congregação)?

R: Existem os seguintes elementos relacionados:

A- O AlfaOmega Trust e o Salus Trust foram criados por um padre, membro da Congregação e seus parentes.
B- A Congregação e algumas obras de apostolado receberam empréstimos deste padre e dos fundos que devem ser devolvidos ao AlfaOmega Trust e ao Salus Trust.

C- A Congregação, através do fundo RMCT (criado pela Congregação), recebeu doações do AlfaOmega Trust e do Salus Trust (não criado pela Congregação).

D- O fundo RMCT (criado pela Congregação) e o AlfaOmega Trust e o Salus Trust (não criados pela Congregação) contrataram a mesma empresa que fornece assessores que também prestam serviços a muitos outros clientes.


3. A Congregação não havia dito em 2017, através de seu porta-voz, que não tinha mais entidades “offshore”?

R: Sim. E essa afirmação segue sendo verdadeira. Em 2017, foi afirmado nos “Panamá Papers” que a Congregação tinha entidades “offshore” em paraísos fiscais. A Congregação emitiu um comunicado que dizia que “as instituições e obras promovidas pela Legião de Cristo não possuem atualmente entidades “offshore” nem têm recursos em entidades “offshore”. Essa afirmação é verdadeira porque a Nova Zelândia não é um “paraíso fiscal”, segundo o Parlamento Europeu. O Fundo de Caridade Médica de Aposentadoria (RMCT) não tem capital e não é usado para investimentos. Seu único propósito é receber doações e distribuí-las. A declaração de 2017 foi atualizada com uma nota de rodapé explicando porque a alegação feita é verdadeira. Link para o comunicado de imprensa de 2017.

4. Os Legionários de Cristo deixaram de pagar os impostos com a criação do fundo RMCT na Nova Zelândia?

R: Os Legionários de Cristo não deixaram de pagar os impostos com o fundo RMCT, que não investiu fundos ou tem capital – exceto o necessário para a operação básica. O RMCT observou regras contábeis internacionais, normas de auditoria, transparência para doadores e regulamentações fiscais aplicáveis. A Nova Zelândia, além disso, não é considerada pelo Parlamento Europeu como um paraíso fiscal.

5. Nos primeiros artigos sobre os Pandora Papers é dito que os membros do Conselho da Salus Trust e AlfaOmega Trust (não criados pela Congregação) têm que ser legionários, membros do Regnum Christi e parentes dos que os fundaram. Isso é verdade ou estão se referindo ao fundo RMCT?

R: A Congregação não conhece os estatutos que regem o AlfaOmega Trust e o Salus Trust, os quais estabelecem quem são os membros do conselho, porque eles não foram criados pela Congregação. A Congregação nunca controlou seus fundos, seus termos, suas operações, seus investimentos, nem determina de forma alguma o destino de seus fundos, mesmo que tenham sido criados por um padre da Congregação e seus parentes.
O fundo RMCT (criado pela Congregação) tem uma conselho diretivo formado por membros da Congregação, que tem uma rotação periódica previsto em Estatutos, de acordo com os cargos que ocupam na Congregação.


6. Está estipulado que o fundo RMCT (criado pela Congregação) seja o beneficiário dos fundos (fideicomissos) AlfaOmega Trust y Salus Trust (não criados pela Congregação)?

R: O RMCT recebeu doações do AlfaOmega Trust e do Salus Trust. No entanto, esses fundos não foram criados pela Congregação, e a Congregação não conhece seus estatutos ou as decisões dos curadores. Portanto, a Congregação não sabe se o RMCT (criado pela Congregação) é o único beneficiário, como alguns meios de comunicação dizem (isso significaria que a Congregação é a única que recebe doações). De qualquer forma, é uma decisão que está nas mãos dos fundos, agora e no futuro.

7. Alguns meios de comunicação também dizem que a Congregação receberia os recursos do AlfaOmega Trust e do Salus Trust (fundos não criados pela Congregação) quando aqueles que os criaram morressem. Isso é verdade?

R: Como congregação, não temos informações sobre isso. Por sua própria natureza, um fundo irrevogável geralmente dura um longo do tempo, independentemente das pessoas que o constituíram, e contempla regras para a modificação de seus estatutos, onde esses aspectos são estabelecidos.

8. Se os Legionários de Cristo têm, como dizem alguns artigos sobre os “Pandora Papers”, milhões de dólares em fundos na Nova Zelândia, por que venderam casas e propriedades nos últimos 10 anos para reduzir suas dívidas?

R: Porque é uma afirmação falsa de que a Congregação tenha esses milhões de dólares em fundos na Nova Zelândia e é responsabilidade da Congregação pagar as dívidas que tenha contraído.