Clicks176
pt.news

Missa transmitida ao vivo: Comunhão para políticos anticrianças

Políticos irlandeses pró-aborto comungaram na missa fúnebre do político socialista irlandês John Hume, ganhador do Prêmio Nobel da Paz, muito elogiado pela mídia oligarca.

O sacrilégio aconteceu em Derry (5 de agosto). O bispo de Derry, Donal McKeown, estava presente e começou lendo mensagens de celebridades globais, incluindo Francisco, Dalai Lama, Boris Johnson e Bill Clinton.

Simon Coveney (na foto), ministro das Relações Exteriores e de Defesa irlandês, escolheu a Comunhão na mão (vídeo abaixo), embora tenha apoiado a legalização do aborto na Irlanda em janeiro de 2019. Em seu primeiro ano, essa lei matou 6.666 crianças.

Michelle O’Neill, vice-primeira-ministra da Irlanda do Norte, também esteve lá para receber a Comunhão. Em janeiro, ela foi proibida de falar em uma paróquia por causa da sua postura pró-aborto. Em abril, ela pediu abortos feitos pelas próprias mulheres em casa.

O padre Patrick McCafferty, de Belfast, criticou os sacrilégios no FaceBook.com, o qual censurou o comentário. Ele havia escrito:

"Os políticos que promovem o grave pecado e crime do aborto se afastaram da fé católica. Mesmo que continuem a se atribuir o rótulo de 'católicos', eles não são mais, na verdade, católicos".

#newsSbixasmprh