Clicks140
pt.news

Francisco "crê fortemente" na heresia de Abu Dhabi

Apenas quatro pessoas sabiam sobre a herética Declaração de Abu Dhabi de fevereiro de 2019 antes de ela ser concluída, escreve o juiz Mohamed Abdel Salam no livro de 2021 “The Pope and the Grand Imam: A Thorny Path” [O Papa e o Grande Imam: Um Caminho Espinhoso].

As quatro pessoas eram Francisco, seu ex-secretário Yoannis Lahzi, o Grande Imam Ahmed al-Tayyeb do Cairo e Mohamed Abdel Salam.

O primeiro rascunho foi escrito pelo Imam e revisado por Francisco. O Imam escreveu um segundo rascunho e Francisco deu novamente sua contribuição.

Durante uma reunião em outubro de 2018 - foi a quarta delas - Francisco disse ao Imam e a Salam: “Eu acredito fortemente neste projeto e em sua importância para o serviço à humanidade”. Eles concordaram em manter o projeto confidencial "para evitar que alguém o prejudicasse de alguma forma".

Fotografia: © Mazur, /catholicnews.org.uk CC BY-NC-ND, #newsXviflcmfqo