Clicks224
pt.news

Padre Küng Sobre o Papa Bento XVI: “O bastardo conseguiu”

Em 2006, um ano após a eleição do Papa Bento XVI, o teólogo suíço padre Hans Küng (+2021), viajou da Alemanha para a Suíça para encontrar o Provincial dos Jesuítas Suíços, Padre Christian Rutishauser.

Küng queria iniciar uma colaboração entre a sua Stiftung Weltethos (Fundação Ética Global) e a Casa de Retiro dos Jesuítas situada em Lassalle, Bad Schönbrunn, Suíça.

Rutishauser disse ao Fórum do Boletim Paroquial de Zurique que, nesta ocasião, perguntou a Küng como ele se sentiu quando soube que Joseph Ratzinger havia sido eleito papa.

Küng ficou em silêncio por um momento, então explodiu em dialeto suíço-alemão: “Dä Sausiech hät's gschafft” (aquele canalha/bastardo conseguiu).

Poucos meses antes, um ingênuo Bento XVI havia recebido Küng para uma audiência privada de quatro horas em Castel Gandolfo.

De acordo com o site oficial, o projeto de Ética Global de Küng tem como objetivo criar a base "para uma coexistência pacífica e respeitosa além das fronteiras das religiões, culturas e nações".

Fotografia: Hans Küng, © Wikicommons, CC BY-NC-SA, #newsAkpinocjah