Clicks322
pt.news
1

Bento XVI: uma bofetada retumbante na cara de Francisco

Bento XVI escreveu uma carta para um Festschrift dedicada a Monsenhor Livio Melina, o presidente do Instituto Romano João Paulo II de 2006 a 2016.

Os predecessores de Melina, Carlo Caffarra e Angelo Scola tornaram-se cardeais, enquanto Melina foi desonrosamente exonerada por Francisco, primeiro como presidente e depois como professor, porque durante o Sínodo da Família seu Instituto havia defendido posições católicas que não estavam de acordo com as predeterminadas conclusões anticatólicas de Amoris Laetitia.

Bento XVI chama Melina de “sem dúvida um dos grandes da teologia moral deste século”, cujos “méritos científicos teológicos humanos estão fora de questão”.

Ele nota que Melina defendeu uma teologia moral católica com “coragem e competência” e, assim, soube desenvolver sua própria criatividade. “Infelizmente, não estou em posição de escrever um artigo para Festschrift sozinho. Vou encontrar uma forma de assegurar a Dom Livio minha amizade e admiração”, conclui Bento.

Para quem se lembra do que aconteceu na época, essas palavras são uma bofetada retumbante na cara de Francisco. Antes de Melina se tornar professor no Instituto, ele foi um colaborador próximo do Cardeal Ratzinger na Congregação para a Doutrina da Fé.

Fotografia: Joseph Ratzinger, Livio Melina, #newsWixfsavffm
Glória tv gloriatv shares this
177