Clicks147
pt.news

A traição do Vaticano à Igreja chinesa estendida por mais dois anos

À sombra do recente escândalo homossexual de Francisco, o Vaticano anunciou em 22 de outubro a renovação de seu Acordo de 2018 com a China por mais dois anos.

O acordo secreto supostamente diz respeito à nomeação de bispos, permitindo aos comunistas chineses apresentar uma lista de três candidatos da qual o Vaticano deve escolher um.

O comunicado à imprensa do Vaticano considera os resultados do acordo "positivos", enquanto na realidade a Igreja Católica clandestina está sendo substituída pela Igreja do Estado Comunista.

#newsWgyacslxvk