pt.news
300

A reforma acabou: expulsos os últimos católicos

O bispo de Francisco, Gerard de Korte, de 65 anos, titular da diocese de ‘s-Hertogenbosch (Holanda), despediu o padre Cor Mennen, de 75 anos, um famoso crítico das heresias de Francisco.

Mennen foi professor de Direito Canônico por 30 anos no seminário da diocese. Ele escreve no site FortesInFide.nl que ficou sabendo de sua demissão quando um colega lhe perguntou por e-mail se conhecia seu sucessor.

Simultaneamente, o padre Filip de Rycke, reitor católico do seminário, foi demitido e substituído por um sacerdote amigo que não se preocupa com os abusos litúrgicos.

De acordo com Mennen, “um período muito específico na história do seminário da diocese de ‘s-Hertogenbosch acabou, isto é, uma tentativa de renovação católica posterior à erosão da fé após os anos 60”.

Fotografia: Gerard de Korte © wikicommons, CC BY-SA, #newsGedgceowgl