Clicks139
pt.news

Cardeal moribundo promete “doação de órgãos”

O cardeal Nicholas Cheong Jin-suk, de 89 anos, ex-arcebispo de Seul - Coreia do Sul, se comprometeu em 2006 a doar “seus órgãos e córneas”, conforme escreve KoreaTimes.co.kr (3 de março).

Cheong foi hospitalizado em 21 de fevereiro e optou por não receber tratamento de suporte de vida.

O jornal cita outro documento de 2018 assinado por Cheong, onde ele escreve: “Se possível, gostaria de doar minhas córneas”. Portanto, não está claro quais de seus órgãos ele deseja doar.

Embora as córneas possam ser removidas de uma pessoa morta e usadas novamente, todos os outros órgãos devem ser removidos de um corpo vivo, matando a pessoa no processo que é imoral.

A intenção evidente do artigo de KoreaTimes.co.kr é usar o cardeal para propagar a doação de órgãos imoral.

#newsVamssciaht